30 de dezembro de 2010

O Top 10 de 2010


Durante este ano, tenho que destacar alguns artigos que foram mais populares, usando o Google Analytics:
  1. Medir o envolvimento nas redes sociais
  2. Será o Facebook para Empresas?
  3. Inquéritos ao cliente no teu Web Site
  4. Top 5 métricas para o teu Web Site
  5. Resumo da análise aos Web Sites
  6. Twitter para Empresas
  7. Colocar diferente conteúdo a visitantes diferentes
  8. WorkShop Starting Web Marketing
  9. Analise da Fidelidade ao Web Site
  10. Utilitário Postrank ver o Buzz 
Mas os 5 Artigos com mais envolvimento nos últimos 3 meses são:
Utilizei o PostRank que mencionei em artigo do Blogue.

Ao nível pessoal foi um ano em que consegui cumprir os objetivos que tinha estabelecido e outros que fui desafiado nomeadamente :
  • Entrei no Club de Lisboa dos Toastmasters.org
  • Ministrei formação na área de Web Marketing 
  • Certificação Google Analytics 
  • Criação do Portal de Comunicados de Imprensa Web 2.0 em http://press2releaseweb.com 

Muito obrigado a todos os que me ajudaram a dar forma a todos estes projetos!
Votos de Boas Entradas em 2011 !

21 de dezembro de 2010

Email Marketing - 5 Fatores de Sucesso

Durante esta época festiva é natural que muitas pessoas tentem enviar Email Massivos com o propósito de venderem, mas distinguem-se aqueles que segmentam e se antecipam porque já tinham uma estratégia e que analisam os resultados e vão melhorando, os aspectos menos conseguidos .
 Por este motivo é importante estabelecer estratégias, depois de definir objetivos, até aqui não te dei nenhuma novidade certo?

Vamos dizer pela positiva os fatores de sucesso de uma boa comunicação de email marketing:

  • Bem Segmentada ( significa que tem direcionada para o publico alvo)
  • Objetivos claros
Tornar uma marca,produto, serviço, ou uma pessoa com mais notoriedade, ou seja, que fique mais conhecida pelo publico alvo)
  • Qual a sequência de envio de email  
Exemplo: 1º Apresentação , 2º Melhores praticas, 3º Diferenciação em relação aos concorrentes (sem mencionar os concorrentes e sem dizer mal) 4º Convite para um evento, reunião, telefonema com o objetivo de conhecer melhor o potencial cliente
  • Chamada de atenção para o seu objetivo 
Nota: pode não ser para o 1º email, mas sim para o resultado do envio dos 4 emails que representa a campanha
  • A linguagem utilizada deve ser adequada ao publico alvo

Votos de BOM NATAL e BOAS ENTRADAS EM 2011



Nota do Autor:  Estou a tentar usar o novo acordo ortográfico da língua Portuguesa

8 de dezembro de 2010

Adwords - Erros a Evitar

Quando alguém começa a fazer as primeiras campanhas no Adwords, ou noutro anunciante online é normal fazer determinados tipos de erros. Mas devemos evitá-los:
  • Colocar o nome da empresa como titulo no anuncio 
  • Colocar o endereço do site para a pagina inicial (home page) 
  • Não Ter uma página de destino (Landing page) apropriada ao termo da campanha
  • Colocar palavras técnicas(jargons) quando o alvo(target) a atingir não as percebe
  • Colocar algo no texto do anuncio de texto como clique aqui, consulte-nos
  • Colocar termos muito comuns como Agua, Vinho, Mar
  • Não colocar artigos negativos (exemplo: aparecer a sua empresa junto a conteúdo para adultos)
  • Não colocar call-to-action (Chamar o utilizador/usuario para efetuar uma ação)
Fazendo a analogia de um crescimento de um bebé que esta a aprender a falar se aprender com os melhores, bem, tudo será diferente.

21 de novembro de 2010

Press Release vs Email Massivo

Nos dias que correm muitas empresas, continuam a enviar muitos emails, sempre para os mesmos destinatários com o resultado sempre igual, ou seja, com resultados muito maus e a forçar sempre a sua mensagem.
Será que ninguém se interroga e começam a segmentar as suas campanhas de Marketing e a usar as boas práticas no envio de campanhas de comunicação de E-mail Marketing .

Interroga-te
Quando é assim é melhor ponderar outras alternativa de comunicação como a Press Release mesmo a tradicional permite chegar a pessoas com interesse pelo conteúdo.

Com as novas Press Releases veiculadas aqui no web site (http://press2releaseweb.com) poderás ter o melhor dos dois mundos, ou seja, a tradicional e ainda colocar nas redes sociais mais adequadas á tua empresa/entidade.

Esta nova forma de colocar uma Press Release tem vantagens: 
  • Chegar a um público diferente
  • Diferentes pessoas podem lêr e verificar o seu interesse no teu produto/serviço.
  • Inclusão de imagens no conteúdo 
  • Colocação de links de Video do Youtube
  • Colocar links para o web site da entidade
  • Partilha de conteúdo nas redes sociais
Esta pode e deve ser uma forma de otimizar o seu Web Site e começar a ter melhores resultados.

15 de novembro de 2010

Geo Localização da tua Empresa-Marca

Uma nova tendência que penso que todos já conhecem, conhece nestes dias diferentes players.
A minha abordagem prende-se com a visão, voltada para as empresas. Algumas questões levantam-se, como a Privacidade, as pessoas já sabem o que pode ficar em causa, mas por opção própria porque utilizam estas ferramentas e todos o sabem, quer sejam, os  consumidores ou as empresas.

As empresas que usam esta solução, fazem a promoção de bens e serviços em troca da localização e notoriedade, quantas mais pessoas que deixam boas notas melhor.

Temos neste momento soluções disponíveis na web e nos telemóveis (Smartphone), para que o consumidor encontrar a sua empresa, será que estamos a falar de Geo-Web-marketing,
se não vejamos os diferentes meios:

Google Places
A empresa ou marca que aparece no Google Maps, com introdução de imagens, videos, é uma grande vantagem para quem procura empresas pela morada no Google Maps.



Google BuZZ

Também permite localização e é uma espécie de rede que agrega outras redes sociais e micro-blogging.

Facebook Places

Ligar aos teus "amigos" via geo referência é uma tendência cada vez maior do maior player das redes sociais,
mas de momento assemelha-se a uma funcionalidade já existente noutros serviços, só que integrada na plataforma do Facebook. Muito idêntico ao Foursquare só que dentro da maior rede social da atualidade.


FourSquare

Primeiro serviço que se não me engano foi criado para efetuar os "check ins" em estabelecimentos "venues" de empresas, parece-me que hoje em dia  uma solução muito bem conseguida



Motor de pesquisa aonde pode encontrar diferentes notas em FourWhere com mapa e geo-localização


Pode ver os comentários de cada utilizador/usuário fez em cada local.

Qual delas é que vai vencer, ou serão complementares? É esta pergunta que deixo?

24 de outubro de 2010

Medir o envolvimento nas Redes Sociais

No momento em que verificamos que existe uma grande presença de pessoas nas redes sociais, é muito interessante medir o envolvimento que as pessoas tem com o nosso negocio, marca ou pessoa. As 9 etapas da cadeia alimentar do envolvimento foi o desafio lançado por Jim Sterne no seu livro Social Media Metrics (link afiliado da Amazon)


As 9 Etapas

  1. Quem Vê ?  É importante saber quem vê a nossa mensagem e quantificarmos, ou seja qual é o nosso alcance. 
  2. Quem Guarda o link do Web Site? Saber quem guarda a mensagem ou url (ex: http://ittechbuz.blogspot.com) no navegador
  3. Quem Avalia? Saber quantos nos avaliam de forma positiva, menos positiva e negativa
  4. Quem Repete as ações? Saber quantos repetem as ações e chegam até nós.
  5. Quem Comenta? Os comentários como sabemos é muito 
  6. Quem Clica? Para saber quem clica nos seus links é apropriado ver o artigo sobre "Colocar tags nos links"  para saber qual o meio que nós dá mais visibilidade.
  7. Quem Interage? Para sabermos quem interage é relativamente simples mas devemos recorrer a utilitários para monitorar o que dizem ou que partilham.
  8. Quem Compra? Se estivermos a falar de uma loja OnLine, ou de uma subscrição no Site
  9. Quem Recomenda? Muito importante porque são as pessoas que influenciam as restantes pessoas nas redes sociais.
E tu como efetuas o envolvimento das redes sociais e como medes? Deixa-me o teu comentário e ou sugestão!

13 de outubro de 2010

Site de Press Releases em Português para as Empresas

Neste momento estou a ultimar um Web Site dedicado às empresas do espaço lusófono para colocarem as suas Press Releases com a inclusão de links para o teu Web Site e para as redes sociais de forma gratuita.

Os benefícios:

- Colocação de Press Releases
- Colocação de Artigos no Blogue do utilizador
- Inclusão de imagens no conteúdo 

- Colocação de anexos.
- Colocação de links de vídeos do Youtube
- Colocar links para o Web site da entidade
- Partilha de conteúdo nas redes sociais 

- Autonomia, pode colocar sozinho
- É gratis

Neste momento o Web Site encontra-se na fase BETA, se quiseres colaborar com as tuas Press Releases e feedback.

Deixo-te aqui o link http://press2releaseweb.com.

Nota:
Neste momento o registo de utilizador só permite endereços de email de empresa, ou seja, não permite do tipo (ex: hotmail.com;msn.com;iol.pt;gmail.com,etc) se quiseres deixa-me o teu email através do formulário de contacto 





Pequeno video de ajuda para colocar uma Press Release


19 de setembro de 2010

As Top 5 métricas para o teu Web Site

Como sabem qualquer Web Site tem um conjunto de objectivos definidos a partida. As métricas que vou dizer são das mais importantes para todos os tipos de Web Sites.

1 - Bounce Rate
Quando os visitantes estão menos de 10 segundos no seu Web Site, ou seja, entraram e saíram logo.


Vermelho quando é maior que 60 %


Amarelo quando anda entre os 45% e 60%


Verde Quando é  menor que 45%



Deve também analisar as paginas que tem pior performance  e optimiza-las.
Titulo e conteúdo.

Nota: Para blogues é diferente.



2 - Pesquisa Orgânica (tráfego que não é pago)
Quais as palavras-chave e os motores de pesquisa que chegam ao seu site, pode e deve analisar quais as páginas de destino (Landing pages) que estão ligadas as suas palavras-chave.



Vermelho quando é menor que 15 % da média de visitas


Amarelo quando anda entre os 15% e 30% da média de visitas


Verde Quando é  maior que 30% da média de visitas





3 -  Paginas/visitas

Quantas paginas as visitas vêem em média quando navegam no Web Site



Vermelho Quando é menor ou igual a 1,5


Amarelo Quando anda entre os 1,5 e 2


Verde Quando é  maior que 2




4 - Tráfego Directo 
Aqui é uma métrica muito importante porque demonstra quais as pessoas que vão ao seu Web Site, depois de adicionarem aos favoritos do seu navegador (browser)


Vermelho Quando é menor ou igual a 1,5



Amarelo Quando anda entre os 1,5 e 2



Verde Quando é  maior que 2



Nota:
Terá de fazer exclusão do seu próprio tráfego.

5 - % Novos Visitantes vs Visitantes que voltaram


Esta métrica representa se está fidelizar e se está a captar novos visitantes, ou se está a cativar novos.



Vermelho Quando é menor ou igual a 40% 


Amarelo Quando anda entre os 50  e  60%


 Verde Quando é  maior que 60%




Quando se vai para as rede sociais deve-se ter o Web Site bem optimizado, haveria mais métricas para acrescentar.
Dêem sugestões do que gostavam de ser medido e outras questões associadas.

8 de setembro de 2010

Utilitário PostRank - ver o BuzZ

O PostRank é um utilitário que permite-nos ver qual é o progresso que estamos a fazer nas redes sociais, tem também integração com o Google Analytics e além disso podemos dar um valor monetário aos pontos que conseguimos com eventos nas redes sociais e ficamos  assim a saber qual o mais popular. 

Vejamos o relatório do artigos do blogue mais populares.

Vejamos os gráficos que poderemos analisar para verificar qual a evolução da nossa comunicação




Este é o email diário que este excelente serviço envia.


Em suma um utilitário muito bom e tem outros serviços que poderão usar
ver mais em: https://analytics.postrank.com/

22 de agosto de 2010

Será o Facebook para Empresas?


Nos dias de hoje em que mais de 500 milhões de pessoas estão no Facebook, como é possível que apesar de tudo, existirem ainda empresas que acham, que ainda não vale a pena estar nesta rede social, mas será assim? Para responder a esta questão, acho que é fundamental responder a algumas questões e retirar os receios existentes. Aqueles que pensam que não vale ainda a pena recordo que a decisão está no consumidor e não na empresa detentora da marca, se não vejamos se a pessoa ficar muito satisfeita com um produto ou serviço pode influenciar outras como é normal, assim como se não gostar também o  pode comunicar, mas se usar um canal de comunicação como as redes sociais vai distribuir esta informação a quantas pessoas? A sua empresa não está lá, ninguém vê atempadamente e cria uma bola de neve.
A presença no Facebook adequa-se a qualquer tipo B2C, B2B, ou ainda C2B (Sobre esta última tem tudo que ver com o advento das Web 2.0) e porque as pessoas de todas as faixas etárias e gostos estão nesta rede social.

Após esta introdução vamos lá ver o que podem ser boas práticas no Facebook que eu utilizo e outras que passado algum tempo comecei também a usar, mas como ninguém é perfeito (eu também não sou, como é óbvio), mas com o passar do tempo quem entrar em último nesta rede vai ter menos tolerância ao erro, por parte das pessoas.

Vamos estabelecer um processo para começar a utilizar o Facebook como um canal de comunicação na minha empresa, vejamos então o processo:
  1. Estabelecer objectivos
  2. Criar uma estratégia
  3. Inscreverem-se no Facebook como individuos
  4. Criar uma página, ou um grupo mediante os objectivos 

Ao estabelecer objectivos, estes devem ser claros e com a validade respectiva,  para que todos dentro da organização percebam o que se pretende, ou seja, numa empresa será o aumento de vendas e a retenção de clientes, com a diminuição de custos.



Criação de uma estratégia  ( não existem modelos que possam ser copiados e ou imitados e que resultem para todos os ramos de actividade) :
  • Ver, Ouvir e Ler como os outros interagem 
  • Ouvir a Voz do Cliente 
  • Criar “Personas” como o João e a Maria 
  • Comunicação de produtos e serviços não deve ser exaustiva 
  • Comunicar através deste canal promoções exclusivas para "sentir" o cliente
  • Criar jogos e widgets
  • Ter uma Estratégia de eBusiness na empresa (ver artigo que publiquei sobre eBusiness)
  • Definir metas tangíveis na organização 
  • Definir politicas internas sobre o uso de redes sociais (Valores, Ética, responsabilidade social)
  • Responder sempre ao Cliente ou potencial Cliente em tempo útil.
Inscrever-se no Facebook é o 1º passo 



Não se deve esquecer de preencher de forma adequada todos os seus contactos e preferências, assim como a privacidade.

o 2º passo passa por criar um página na minha opinião a melhor opção,

 se não vejamos as diferenças:
  • Paginas 
    • Representa uma Entidade ou uma Marca 
    • O envio de actualizações 
    • Aparece no mural de noticias dos “Fãs” 
    • São indexadas na totalidade pelos motores de pesquisa 
    • Permitir instalar todas as aplicações disponíveis no Facebook
  • Grupos 
    • Envio de mensagens 
    • Não aparece no mural de noticias dos aderentes 
    • Menor visibilidade em relação às paginas
Não esquecer que quando efectua uma actualização da página, o logo da sua página aparece no mural da pagina e dos seus "Fãs", por isso não necessita de ter um individuo registado como se fosse uma empresa.

16 de agosto de 2010

Utilitário ClickTale - Heatmaps e não só

Esta ferramenta da Clicktale está indicada para quem, quer ver como os visitantes utilizam o Web Site, de forma a este poder ser optimizado a nível de usabilidade.

Neste ecrã em baixo podemos ver os "Heatmaps", mas que o que são e o que fazem é a sobreposição a uma página web para podermos ver as cores mais quentes, pode visualizar por acções no Web Site dos utilizadores:
  • Como os utilizadores do web site movimentam o rato(mouse move)
  • Aonde clicam (Clicks)
  • Como desce a navegação da página para ler (Scroll Reach)
  • Aonde tem mais atenção (Attention)

Vejam aqui um exemplo de como os utilizadores movimenta o rato (mouse move)




Vejamos o ecrã principal:


Este permite visualizar sessões gravadas dos visitantes em que configuramos, qual a frequência que o ClickTale faz a gravação. Em baixo visualiza-mos uma gravação:


Tem relatórios que podem utilizar para ter tendências tais como interacção e tempo, no caso deste relatório em baixo poderá indicar que o visitante encontra rapidamente o que procura e lê e tem pouca interacção.
Pode também criar alertas para seguir visitantes de um determinado País ( Exemplo: Portugal e Brasil) de forma a observar comportamentos, para que possamos verificar tendências.


Notas Finais:
  • O Clicktale tem uma versão gratis, assim como outros planos que permitem ter outras opções que permitem outro tipo de análise e avaliação consultem o site em http://www.clicktale.com
  • Devem efectuar um filtro na vossa ferramenta de Web Analytics afim de não contar com este tráfego

19 de julho de 2010

MicroShop Start Web Marketing



Dia 27 de Julho é data de este "MicroShop" é  organizado pelo Clube Português e Artes e Ideias e tem como finalidade, dar um "empurrão" a todos os que estão a iniciar nesta área, ou seja, bases para que possam dar um salto qualitativo. 




Pontos Principais: 

  • A evolução da Web 1.0 para a Web 2.0 
  • A dinâmica do Web Marketing 
  • A Estratégia de Web Marketing 
  • Optimização de motores de pesquisa (SEOSearch Engine Optimization
  • Anúncios na Web e em redes sociais
  • Micro-Blogging (Twitter
  • Email Marketing 
  • Medir acções de Web Marketing 
Destinatários:
Empresários de PMEs, directores de Marketing, Web Designers, Estudantes e todos os profissionais da área, ou pessoas com interesse nesta área.
Horário e Local:
18H30 / 21H30 
CLUBE PORTUGUÊS DE ARTES E IDEIAS - 
sede (LARGO RAFAEL BORDALO PINHEIRO, 29, 2º CHIADO LISBOA)Inscrição e mais informação em:
CLUBE PORTUGUÊS DE ARTES E IDEIAS
CPAI/CEA
tel: 214387460
cea@artesideias.com
www.artesideias.com
http://sites.google.com/site/microshopscpai/


Formador: 
Jorge Cunha





Documento de Apresentação usado no MicroShop Starting Web Marketing


View more presentations from Jorge Cunha.

15 de julho de 2010

E-mail Marketing: Templates gratuitos ou profissionais?

Certamente já ouviu ou leu comentários de dezenas de profissionais afirmando que o e-mail marketing é uma ferramenta extremamente eficaz e com um baixo custo. É verdade. Também já ouviu ou leu que disparar e-mails, fazendo spam não é a melhor forma de trabalhá-lo. É verdade. Quero fazer tudo correctamente e até já escolhi uma ferramenta profissional de envio. E agora?

Não tenho designers nem conhecimentos técnicos para montar uma campanha de e-mail com um bom layout e uma estrutura em HTML que me permita evitar os filtros de SPAM como o SpamAssassin. A verdade é que muitas PME todos os dias estão a iniciar-se num mercado muito competitivo nas mais diversas áreas de negócio e sentem necessidade de comunicar mas têm poucos recursos técnicos e humanos para o fazer. Se está nessa condição e a ler este artigo certamente está a rever-se nestas dificuldades…Senão vejamos:

Faça uma pesquisa no Google e veja quantos resultados obteve. 500, 600, 700 mil? Exacto. Se procura um template para se iniciar no e-mail marketing ou simplesmente para o seu blog no Wordpress ou no blogspot os principais problemas serão sempre os mesmos: dinheiro e tempo,  por essa ordem.

Como é que eu sei que tipo de template devo utilizar entre milhares de ofertas? Gratuito? Terá eficácia? Profissional? Talvez seja caro demais … Aqui depois de olhar para os dois primeiros problemas já olha para um terceiro: qualidade.

Quando procura uma solução para enviar suas newsletters ou campanhas de e-mail deve pensar em questões tão fundamentais como: tenho uma base de dados? Para quem quero comunicar? O E-mail é o meio mais adequado?

Em seguida vêm as questões técnicas e aí o aspecto da sua newsletter pode ser importante, ou talvez não…

Exemplo 1:

O objectivo desta newsletter é comunicar uma oferta. Na primeira resolvi pedir ao nosso designer para desenhar e implementar a newsletter. Este foi o resultado:
                                                     

Exemplo 2:

Na segunda eu mesmo, sem conhecimentos técnicos e utilizando a base (template) de e-mails anteriores, montei a newsletter e procedi ao envio.




Dirão que esteticamente a primeira campanha está mais elaborada. Está, de facto. Mas… e resultados?

Resultados:

O objectivo era obter o maior número de registos online. Com a primeira campanha enviada para um universo de 178 pessoas, houve 44 registos. Taxa de sucesso: 25%.

Na segunda campanha, com o mesmo assunto para o mesmo perfil de público, num universo de 128 pessoas, houve 39 registos. Taxa de sucesso: 30%.

Conclusão:

Com menor esforço, conhecimento e tempo a taxa de sucesso foi superior. Na segunda campanha, a personalização é mais visível e assume o formato de um e-mail, facto a que não é alheio a sua maior eficácia. Devo então optar por templates gratuitos, mais simples? Esperava que dissesse que sim? Não necessariamente.

Neste caso, a campanha serviu os meus objetivos. Quem sabe se noutra ocasião não precisa de uma newsletter mais elaborada? Os designers diriam que sim, os marketeers diriam que não. Os técnicos diriam, definitivamente nunca coloque apenas uma imagem para não cair nos filtros de spam. E você o que diria?

Eu diria: defina o seu objetivo,  escolha os meios mais adequados, procure uma solução profissional de análise e envio, teste e analise os resultados. Se precisar de um template profissional mas tiver retorno, porque não investir?

Mas lembre-se sempre. Quem decide é o consumidor. Comunique com ele nos meios que ele prefere (há vida para além do e-mail), analise o seu comportamento e relacione-se com ele.



----
Nota Editorial: Este artigo agora publicado serve para que se possa dar a conhecer outras ferramentas de Web Marketing assim como empresas, sendo assim qualquer artigo desta natureza irá ter uma menção que é patrocinado. 
Este é patrocinado pela E-Goi 
----

8 de julho de 2010

Twitter para Empresas

Cada vez há mais pessoas a usar esta nova forma de comunicação, por este motivo as empresas que estão a pensar quer no mercado domestico, quer no mercado internacional, devem considerar este canal de comunicação. Mas o Twiiter como se diz na gíria "1º estranha-se e depois entranha-se", ou seja, se fizermos um paralelo com os telemóveis em que as mensagens escritas (vulgo SMS), no inicio estranhava-se e depois entrou no nosso dia a dia. Esta plataforma permite tal como um blogue colocar mensagens quer individuais quer directas e privadas, ou seja, é uma plataforma de "microblogging". Os benefícios são vários, vejam esta pequena apresentação em baixo, algumas empresas apresentam que o Twitter significa mais de 15% das vendas diárias!.

21 de junho de 2010

Resumo da Análise aos Web Sites

Este artigo vem no seguimento do anterior Será o que o teu Web Site é uma Ilha? Análise gratuita ao teu Web Site) em que pedia-te para preencher um pequeno formulário, para poder analisar o teu Web Site
Serve este artigo para ajudar aqueles que necessitam de pistas/conselhos para melhorar a fidelidade e atrair mais visitantes. Devo também agradecer a todos aqueles que me deram a oportunidade de efectuar está análise, foi muito gratificante!. Devo também acrescentar que muitas destas dicas eu também tenho que  implementar!


Em resumo a minha análise dividiu-se em três pontos:

Pontos positivos:

  • No geral todos os Web sites têm: 

    • Usa uma ferramenta de Web Analytics no geral usam Google Analytics
    • Boa velocidade do Web Site 
    • Boa apresentação gráfica 
    • Hiperligações(link) para o blogue e redes sociais
  • Em particular alguns Web sites têm: 

    • Tem disponíveis diferentes Idiomas 
    • Usa um gestor de conteúdos (vulgo back Office, ou CMS
    • Participam de uma forma regular nas redes sociais 
    • Aplicação para ligação ao Facebook
    • Formulário em que procura saber qual a origem do contacto. 
    • Testemunhos dos utilizadores 
    • Vídeos de apresentação 

Pontos a melhorar: 

  • No geral foi identificado que têm que melhorar, o seguinte:

    • Colocar uma descrição alternativa nas imagens 
    • Não colocar mais de 10 palavras-chave (Nas meta-tags Keywords) por página e devem ser coincidentes com o conteúdo. 
    • Colocar o links dos artigos do Blogue no facebook (muito importante para optimização dos motores de pesquisa vulgo SEO
    • "Call to Action" (conseguir que o visitante seja chamado para tomar uma acção predefinida, que pode variar, consoante o objectivo do Web Site) 
    • Efectuar SEO também para o BING (motor de pesquisa da Microsoft) que vem predefinido na generalidade dos computadores e normalmente as pessoas não alteram. 

    • Pedir pequenos testemunhos aos clientes de forma a ganhar ainda mais credibilidade e colocar na página inicial e uma secção de Casos de estudo vulgo "Case Studies"
  • Em particular alguns Web Sites têm que melhorar o seguinte: 

    • Colocar o links das redes sociais usadas no Web Site

    • As imagens devem ter o nome delas em vez de img00122341.jpg, deve usar exemplo: palavra-chave_001.jpg 
    • Não tem no url, isto é, http://www.exemplo.com/palavra-chave.html, ou seja no url ter as palavras-chave associadas se possível 

Sugestões

  • Deve ter uma área visível em todas as páginas (Chat, Telefone, email) para o cliente escolher qual o canal de comunicação que pretende, para tirar obstáculos à comunicação. 
  • Colocar um blogue dentro do "Web Site" (exemplo: Blog.exemplo.com ou exemplo.com/Blog) com a possibilidade de usar botões para partilha nas redes sociais e deve-se manter um blogue com regularidade (exemplo: mínimo 2 x por mês) , é importante para a optimização de motores de pesquisa do Web Site 
  •  Nas Redes Sociais deve seleccionar as redes mais adequadas para o seu negócio exemplo: LinkedIn para B2B e Facebook para o B2C, ou outra para poder estabelecer conversas.
  • Personalização de "quem é quem" nas empresas permite uma maior identificação por parte de quem visita 
  • Não se deve pedir excesso de informação pessoal, para depois dar pouca "recompensa",  pois pode ser um factor de inibição e contrario ao objectivo pretendido.

4 de junho de 2010

Está à espera que o seu Gato Ladre?

Durante as minhas curtas férias, aproveitei para ler este excelente livro o qual me fez escrever este artigo com o título do artigo igual ao título do livro o qual aconselho vivamente, porque tem uma boa estrutura e tem uma abordagem aos "Clientes alheios ao Marketing". O livro está traduzido para português, em Inglês o titulo é "Waiting For Your Cat to Bark?", datado de 2006 escrito por Bryan e Jeffrey Eisenberg.
Este livro fala do Marketing antes da existência da Web 2.0 e começa a comparar  com os novos meios, em que não se pode usar exclusivamente as técnicas que se usavam nos meios tradicionais, agora com o Online os canais de comunicação apresentam desafios diferentes.

Fala também das Marcas e das necessidades de realização das pessoas e na pirâmide de Maslow (Artigo de Bruno Amaral ). Utiliza os diferentes temperamentos básicos do ser humano (Metódico, Espontâneo, Humanístico,Competitivo) definido por Keirsey , descreve também a construção de personas, mas tem de ler o restante livro, para verificar a mais valia que este livro representa, pois estes autores também criaram o processo de Arquitectura Persuasiva que consiste em:

  1. Revelação - Como base de sustentação de todo o processo, aqui nascem os objectivos para que a organização conheça o cliente e comece por elaborar personas. Vamos então dar um exemplo para uma loja de electrónica de consumo, vamos então definir esta persona, chama-se João tem entre os 30 e 40 anos de idade, é pai de família  e é um adepto de futebol que gosta de ter o último grito em tecnologia, não olha ao preço mas precisa de um atendimento muito personalizado, por vezes vai ao Web Site e vê a secção de novidades e aí gosta de ver as apresentações em video dos equipamentos, quando vai a loja física gosta de vêr demonstrações dos equipamentos (é claro que é preciso mais elementos para a definição do tipo de persona ). Desta forma a organização, os vendedores da loja ficam formatados para o cliente que traz valor acrescentado e que importa à organização.
  2. Modelação - O desenho do processo criativo para manter o objectivo vivo, a estratégia, para que a persuasão se mantenha através do processo cognitivo.  
  3. Criação de "StoryBoards" - Para criar maquetes interactivas de "storyboards", para que seja possível  através das personas, tornar o objectivo mais preciso e mais eficaz, para que os peritos em meios de comunicação consigam desenhar cenários mais próximos do que foi proposto.
  4. Criação de protótipos - O "storyboard" é concluído e o protótipo fica mais perto do que nós propunhamos e desta forma, o processo é mais rápido.
  5. Desenvolvimento - Produção do protótipo 
  6. Optimização - Através do teste e medição permite-nos melhorar e identificar qual o pormenor, ou etapa a melhorar e/ou alterar. 
Resumindo:
Fala de um método de persuasão muito bem pensado, que muitos de vós se calhar já pensaram nele, mas não o articularam da mesma forma, ou desenvolveram outro, que se for esse o caso, gostaria que partilhassem comigo!
Método muito bom para articular uma boa  Estratégia de Web Marketing,

Artigos que poderás ler:
Nota: Este artigo representa a minha interpretação em síntese do livro, devem sempre comprar o livro e tirar as vossas próprias conclusões.Devo acrescentar que não me encontro veiculado à editora e os direitos de utilização são dos respectivos proprietários. 

2 de junho de 2010

Pesquisa Google SSL com Segurança em Beta

O Google está a experimentar a pesquisa com segurança usando a encriptação para promover a segurança (o Big Brother) da pesquisa para o utilizador, está em Beta (fase de testes) segundo os especialistas do Google vem responder a questões de privacidade pedidas à muito.

Ao clicar na imagem vai abrir uma nova janela do seu Browser
Link https://www.google.com
Link da Noticia no Blogue do Matt Cutts http://www.mattcutts.com/blog/google-secure-search/

24 de maio de 2010

Usar os Eventos do Google Analytics

Os eventos do Google Analytics permitem que possa ser medida seja um link externo, um ficheiro, páginas virtuais. Existe muita criatividade neste campo, mas neste exemplo vou usá-lo para saber qual o link em que os visitantes saem do Web Site, mas antes precisamos de saber de perceber o conceito que apareceu para perceber que determinadas acções em determinados Web Sites que tem as chamadas RIAs (Rich Internet Aplication - aplicações multimédia tais como video)

Vejamos este exemplo é preciso editar a pagina do web site para ver este link


Quando definimos o onclick="pageTracker_trackEvent (Categoria, Acção, Etiqueta(opcional), Valor(opcional))"
Categoria= Categoria da acção por exemplo 'OutgoingLinks', ou seja links para fora do blogue e que me interessa contabilizar
Acção=Qual acção dentro da categoria neste caso é um link
Etiqueta=Este valor é opcional mas coloquei mainsite como o Web Site principal da IT Tech BuZ 
Valor=O este parâmetro permite-nos dar um valor numérico que neste caso é 1

Depois é visualizar no Google Analytics conforme imagem em baixo:


Também pode utilizar para downloads de ficheiros através dos links

14 de maio de 2010

Web Analytics / Analítica - Porque Medir é Conhecer!

A Web Analytics é a forma de medir se o objectivo do WebSite está a ser cumprido, ou seja,
 para um negócio será obter novos clientes, reter e acrescentar valor ao seu cliente para rentabilizar
 o seu negócio, para uma organização sem fins lucrativos será satisfazer as pessoas que servem
a sua organização e captar benfeitorias.No fundo poderei dizer “o que não pode ser medido não pode ser melhorado “(Lord Kelvin), ou ainda ”medir é conhecer” (Lord Kelvin), quantas vezes pensaste que uma determinada página Web do teu WebSite de que gostas, afinal não é o que os teus visitantes gostam,
 esta medição é nos dada por esta tecnologia que pode ser de diferentes formas ou em combinação.
Ambas com vantagens e desvantagens, mas que podem ser complementares, estou a comparar as duas mais usadas as que utilizam os ficheiros dos servidores Web e a outra que hoje em dia é a mais usada que se chama “In page tagging” que é a colocação de um código para que a informação seja enviada para um servidor, aquando da visita ao teu WebSite, depois os Web Servers processam os dados (estes dados não contêm dados pessoais dos visitantes).
Falar de Web Analytics é um tema que me apaixona, porque podemos saber desde o mais simples, que é número de visitantes e qual o seu crescimento ao longo do tempo. Mas também podemos ter métricas que nos ajudam a analisar quais as páginas com mais interesse pelos visitantes assim como aquelas que precisam de ser melhoradas.
Vejamos como é muito interessante saber qual a rede social que tem mais retorno para o WebSite e quais
 os WebSites que servem de referência, vejamos o exemplo do meu blogue:



Concluimos que a rede social Linkedin, tem sido à que tem mais visitas e mais tempo no site, poderemos também tirar outras conclusões e com estes dados tomar decisões.
Podemos também optimizar quais as keywords (palavras-chaves) que nos trazem mais tráfego vejam a imagem :

Poderemos ver quais as keywords mais relevantes aqui na imagem com menos Bounce Rate, ou seja, visitaram páginas do blogue e permaneceram pelo menos mais de 10 segundos (esta é a norma, mas pode ser diferente). É também interessante saber que as páginas por visita são maiores que 1, mas este retrato permitiu conduzir uma optimização do blogue de forma a melhorar os resultados, mas leva o seu tempo.


Nota: O artigo originalmente foi escrito por mim para o Marketing Portugal (clique no link este irá para o Marketing Portugal)
Se quiser uma análise ao seu Web Site clique no seguinte link para o formulario Google Docs




11 de maio de 2010

O teu Web Site é uma Ilha? Análise Gratuita ao teu Web Site

Gostaria de ter uma avaliação gratuita ao seu Web Site que lhe permita verificar se está a obter o retorno que pretende com a sua presença na Internet?

Se pretender podemos realizar um pequeno diagnóstico e dar-lhe o feedback de quais serão os resultados prováveis que poderá atingir, relativamente ao seu site, com base na forma como o mesmo foi desenvolvido e, como é visto pelos cibernautas (clientes, amigos, grupos discussão, etc.).

Trata-se de um serviço oferecido, sem qualquer custo associado. Por este motivo a resposta em alguns casos não será imediata e poderá demorar alguns dias, mas assumindo desde já o compromisso de realizar a respectiva análise.

Nota: Não existe qualquer contrapartida obrigatória pela nossa análise, a não ser a divulgação dos nossos serviços de análise além da divulgação da realização das nossas workshops (sobre temas relacionados com optimização dos vários meios que a Internet nos permite usar para a divulgação do que se pretende, aproveitando e rentabilizando este potente suporte de comunicação), que em tempo oportuno divulgaremos.

Para solicitar a Análise ao seu Web Site, preencha o formulário que contém várias questões que nos permitirão realizar a referida análise, para tal clicar no link IT Tech BuZ - Web Marketing .


30 de abril de 2010

Colocar diferente Conteúdo a visitantes diferentes?

Para eu responder esta pergunta, devo dizer que a resposta reside nesta ferramenta (é claro que existe outras maneiras, nomeadamente programação à medida).Penso que ainda não conheces esta ferramenta, depois de algum tempo a experimentar, decidi dar-te a conhecer o BTBuckets que é um serviço (sem custos) que coloca todos os visitantes em diferentes "Buckets" segmentos de dados como novos visitantes, visitantes que voltam, visitantes que vieram através das redes sociais e ou outras. Depois é muito interessante encaminhá-los e dar as informações aos utilizadores, ou seja dar-lhes a conhecer outras áreas, ou efectuar um pequeno video que poderão ver a entrada do meu Blogue.

Este é a imagem que tem depois de algum tempo de terem colocado os links o DashBoard, ou se quiserem o painel de controle


De inicio o BTbuckets vem já configurado com os ditos segmentos de dados (vem por defeito)  para colocar os visitantes, nunca iremos saber dados pessoais, mas não é essa finalidade, é sim dar diferentes conteúdos a quem nos visita regularmente, de diferentes formas e também podemos configurar que  vejam vídeos, ou sejam redireccionados para outras páginas disponíveis no Web Site, permite também efectuar uma análise para efeitos de Web Marketing e verificar quem retorna e colocar outros conteúdos para quem vem de uma campanha.


Tem também uma integração com o Google Analytics e Google Ad Manager, através do plugin para os browsers Mozila Firefox e Google Chrome é possível criar segmentos de dados no Google Analytics, assim com apresentar anúncios específicos para visitantes que cumpram determinado critério.


Na imagem acima mostra um objectivo configurado para uma determinada acção com base nos segmentos de dados (Buckets) que seleccionamos vejam o exemplo da imagem em que ele nos dá o código Html ou Javascript para colocar no Web Site ou numa página especifica.

A minha experiência no Blogue IT Tech BuZ -Web Marketing






Vê agora o video embora em Inglês cá vai:

http://community.btbuckets.com/video/installing-the-tracking-code

Depois se tiveres dúvidas podes ver mais no Web Site


Links para o Web Site e plugins Firefox e Chrome:

http://community.btbuckets.com/page/browser-plugin

http://btbuckets.com

http://community.btbuckets.com


Nota:
Estou a publicar este artigo, meramente por interesse pessoal e porque acho que devo partilhar este conhecimento que tenho. Não tenho qualquer relação contratual, se tiver algum patrocínio irei menciona-lo.

Artigos Relacionados:



23 de abril de 2010

Será importante ter um Blogue?



Temos na nossa mão a chave para que os clientes e potenciais clientes, comecem por ter conteúdo disponível para podermos ajudar o nosso cliente a rentabilizar e usar de forma adequada, produtos e serviços.
O blogue é muito importante, mas porquê?

          • O conteúdo deve ser bem estruturado e atractivo
          • Permitir que as pessoas participem com as sugestões e ou reclamações, mas com moderação de comentários
          • Potencia o contacto com a entidade (empresa, organização sem fins lucrativos, estado)
          • A actualização regular de conteúdo permite fidelizar clientes
          • Distribui conteúdo e mostra o que sabes fazer e o que tens para oferecer.
Depois do Blogue, deves começar a colocar estes links nas redes sociais para também ser encontrado.
Se o teu blogue está incluído no teu Web Site é a solução adequada, no meu ponto de vista porque potencia tráfego para o teu Web Site com um endereço http://empresa.pt/blogue ou http://blogue.empresa.pt.


Proponho um pequeno exercício com o seguinte exemplo:

Se quiseres comprar um carro, como fazes para saber mais sobre o carro? Antes de decidir qual a marca e modelo, hoje em dia vais para o computador vais ao Browser e vais procurar informação digitando o nome da marca e modelo do carro que até viste na televisão e em seguida procuras informação sobre o que as outras pessoas acham do carro e vais ver as características tais como o consumo, intervalo de revisões entre outras coisas. Depois descobres que a maioria dos concessionarios não tem Blogues/Forums e então vais ter que procurar noutros sites.

Vejam este video da http://www.commoncraft.com/blogs em Inglês, mas muito bem explicado!





Outros Artigos:



17 de abril de 2010

10 de abril de 2010

Analisar quem copia texto do Web Site

Por vezes ficamos com a sensação de que é utilizado o texto do nosso blogue, da minha parte não tem qualquer problema desde que seja de uma forma construtiva e que não seja adulterada e que seja sempre referido o autor, ou o blogue.
Hoje em dia existem diferentes ferramentas para avaliar qual o conteúdo, mais copiado. Por este motivo apresento-vos uma ferramenta com o nome de Tynt.Esta tem uma versão sem custos associados e outra mais completa que permite efectuar automáticamente AutoTweets do conteúdo mais procurado entre outras funcionalidades. A melhor funcionalidade prende-se com a capacidade de gerar links automáticos para o nosso site, melhorando o SEO - Search Engine Optimization, ou se quiserem Optimização de motores de pesquisa.

www.tynt.com




What's being copied from your site?


ittechbuz.blogspot.com 30 Day Overview
March 08 - April 06

Copies

Content left your site
48 times
between March 08 and April 06.

Attributed Copies: > 7 words, 'Read more' link added
Search Copies: <= 7 words, used to search

SEO Benefits

Tynt automatically created
28 new links
to your content between March 08 and April 06.
28 total links
have been generated since using Tynt Insight.
No attributed links were clicked on in this period.
See more...

partilha com os teus

Pin It

Mensagens populares