12 de janeiro de 2015

Sabes quem é o teu público-alvo? Usa a analítica digital e ficas a saber !

Sabes quem é o teu público-alvo? Usa a analítica digital e ficas a saber !

Naturalmente e apesar de a Internet ser um “mundo” complexo, deveremos sempre desenhar e pensar os
personas” do nosso negócio / marca para depois construir no online e offline , ou seja, é importante que o potencial cliente se sinta confortável e disponível para efetuar a compra ou o pedido de informação em qualquer ponto de contacto “touch point” seja digital ou não.

Quando o comunicamos, estaremos mais bem preparados quando sabemos mais sobre os destinatários, desta forma é possível comunicar de forma mais efetiva!

No caso do digital impõe-se a exigência de criar as estratégias e o seu conteúdo, adequadas ao nosso público-alvo, mas para isso deveremos fazer algumas perguntas para construir a nossa persona para o Manuel e para a Maria, tais como:

Dados demográficos:
  • Qual é a faixa-etária do nosso “persona”?
  • Quais são as habilitações literárias?
  • Qual é o estado civil? (Solteiro, casado, …)
Dados Profissionais
  • Localização e habitação (urbano ou rural)?
  • Qual o perfil profissional?
  • Qual é a profissão atual?

Mobilidade e acessibilidade digital
  •  Número de dispositivos e tipos de dispositivos
  •  Utilização dos meios digitais
Interesses e afinidades
  • Qual ou quais são os desportos mais importantes, para esta pessoa?
  • Gosta muito de música?
Na Construção de estratégias:
  • Será que é adequado a todos os géneros? Masculino, feminino, outro…
  • Qual é a expetativa de vida?

A importância da Analítica para construção e otimização de meios

Poderíamos continuar mas não é este o ponto, mas sim a verificação de que estamos a potenciar novos clientes e a fidelizar os existentes.

Como o poderemos fazer? Usando a analítica digital fazendo as perguntas aos dados que retemos sobre as interações em meio digital e que temos e quais os nossos “touch points”. Deveremos também selecionar uma amostra de clientes e promover perguntas tais como os pontos fortes e pontos fracos que carecem de melhoria.

(nota: não é para chatear com 5 páginas de perguntas, mais vale poucas perguntas e boas para obter mais respostas e não precisamos de endereçar o mundo.)

As perguntas bem formuladas e com várias opções de respostas, vão-nos dar informação para alinharmos as estratégias para que a marca / empresa / instituição tenha um efeito positivo junto do consumidor com as alterações produzidas.

Deveremos combinar estes dados, usando o Google Analytics que podemos e devemos usar os relatórios demográficos e de interesses. (disponivel no Google Analytics - usando a versão Universal Analytics, Se precisas de ajuda, preenche o nosso formulario p.f.)




Importante usar em todas as comunicações ON e OFFline

Fontes:

Usability.gov

Google Analytics - .. Relatórios de interesses e dados demográficos

 Webinknow  - David Meerman Scott
Enviar um comentário

partilha com os teus

Pin It

Mensagens populares